Avaliação: Mercedes S63 AMG

Junte a elegância de um sedan de luxo e a brutalidade de um verdadeiro superespotivo e transforme em um modelo exclusivo e desejado pelos fanáticos por carros. O modelo em questão é o Mercedes-Benz S63 AMG, que tem impressionantes 571 cv de potência e um preço de US$ 326.000 (cerca de R$ 587 000, ainda sem o IPI).

Esta versão foi apresentada pela primeira vez em 2010, no mercado Europeu e está à venda no Brasil desde maio de 2011. Como curiosidade posso informar que a divisão esportiva AMG foi fundada em 1967, enquanto que o Mercedes Classe S é produzido desde 1927.

Apresentações à parte vamos ao que interessa, como é a sensação de ficar quase uma semana com um carro desses. Após uma ligação da assessora de imprensa da Mercedes-Benz, fato que me surpreendeu, fui informado que tinha disponível para eu avaliar um S63 AMG. De imediato disse que poderia avaliar sem problemas algum, no dia seguinte, no horário marcado, estava eu, impaciente, esperando a hora de pegar a chave do carro e sair da concessionária para acelerar aquele “bólido” disfarçado de sedan de luxo.

Após receber a chave e coloca-la no bolso, sentei no confortável e envolvente banco de couro preto, arrumei os espelhos pisei com o pé direito no freio e apertei com meu dedo indicador o botão start/stop, pronto, entrou em funcionamento o “borbulhante” motor V8 biturbo de 5.5 litros (5461 cm3) e 571 cv de potência e impressionanetes 91,8 kgfm. Segundo a montadora, o novo propulsor ficou mais econômico e menos poluente que o anterior, além do ronco estridente que sai das quatro saídas de escapamento. Só para conhecimento, o mesmo modelo usava um motor V8 de 6.2 litros aspirado com “apenas” 525cv e torque de 91,8 kgfm, um upgrade e tanto. A potência específica é de 104 cv/litro.

A primeira pisada com o pé direito foi de leve, até me acostumar com tanta potência e torque despejados nas rodas traseiras. Após alguns quilômetros, fui conhecendo melhor o carro e arrisquei algumas pisadas mais fortes. O torque é tão forte que o corpo é empurrado pela força dos 91,8 kgmf sem cerimônia e deixam uma sensação de felicidade no rosto, como se estivesse em uma pequena montanha russa. Fato esse que passa a se tornar um vício, pois a cada acelerada, a vontade é de não parar mais, até secar o tanque de combustível.

Segundo a montadora, o S63 AMG faz de 0 a 100 km/h em apenas e 4,4 segundos e alcança uma velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente, porém estima-se que esse número possa chegar facilmente aos 300 km/h, isso eu não duvido. A montadora insiste em informar que seu consumo é de 9,5 km/l no ciclo combinado europeu, mas no Brasil, devido à péssima qualidade da gasolina a realidade é outra, claro que isso não é problema para quem paga o preço por este modelo, mas em nosso teste, o sedan esportivo fez uma média de 5,0 Km/l, chegando facilmente a 4,0 Km/l, quando as acelerações foram mais fortes e um pouco para mais, quando utilizado, no modo ECO (econômico).

Muita potência e luxo são seguidos de muita tecnologia, isso faz parte do “mundo” dos carros desse segmento de modelos premium. O S63 AMG possui 300 sensores, entre eles o que controla a tração, item importante para tanta brutalidade. O sistema inclusive foi testado durante a semana de avaliação, em curvas mais fechadas, a tendência é à saída de traseira, mas com esse recurso, o sedan volta a sua trajetória sem dificuldades, deixando o motorista seguro para arriscar mais em algumas situações mais adversas.

Outro recurso avaliado, foi o assistente de visão noturna, que funcionou perfeitamente no túnel, onde uma tela de LCD, que fica no centro do painel de instrumentos (mesmo local do velocímetro digital) se transforma em uma câmera noturna, após um toque em um botão localizado ao lado esquerdo do motorista, com esse recurso é possível ver perfeitamente a imagem e detectar a presença de pedestres ou algum objeto no asfalto e avisar o motorista. Um recurso já utilizado pela concorrência também está presente nesse luxuoso esportivo, o Attention Assist, que serve como um alerta para o motorista que já está cansado ao volante, através de um sinal sonoro e visual, que está na hora de parar para tomar um café ou esticar as pernas.

O sedan também conta com novos itens de segurança passiva, como o Lane Keeping, que mantém o carro em linha reta evitando mudanças bruscas de trajetória e o Blindspot Assist, sistema com seis sensores de radar de curto alcance que monitoram os chamados “pontos cegos” nos retrovisores externos, sistemas esses bem úteis no dia a dia, e que auxiliam aos que ainda não estão acostumados com tanta potência e recursos disponíveis.

Em conjunto com o motor está o excelente câmbio AMG Speedshift MCT 7speed, com sete marchas bem escalonadas e sem trancos. Para quem preferir, pode se sentir em um verdadeiro carro de fórmula 1, só que bem mais luxuoso, é claro. As trocas de marchas podem ser feitas através de enormes borboletas atrás do volante, manualmente, sempre a partir de 3 000 giros. Porém, se quiser abusar mais, basta elevar os giros para os 5 000 rpm e sentir o coice no peito. Por medida de segurança, a rotação do motor é cortada aos 7 000 rpm.

Para saber que esse Mercedes é um verdadeiro AMG, basta prestar um pouco de atenção nos detalhes, como as rodas AMG de 19 polegadas, calçadas com pneus 225/40 na dianteira e 275/40 na traseira. Além de pára-choques dianteiro e traseiro exclusivos e mais aressivos, e também os spoilers laterais e a logo “AMG” em destaque na tampa do porta-malas. Além dessas diferenças, seu tamanho também colabora para se tornar o centro das atenções nas ruas.

Além de seu potente motor, o S63 AMG chama a atenção pelo seu tamanho, são longos 5,12 m de comprimento, com 2,12 m de largura e 1,49 m de altura, medidas essas que deixam o conforto para motorista e passageiros acima das expectativas. A posição de dirigir é bem fácil de achar, os vários ajustes do banco e do volante facilitam o motorista a se sentir bem à vontade. Conforto esse que é acrescentado pelos excelentes bancos em couro, com detalhes em Alcantara, assim como o volante, de apunhadura perfeita, tornando o prazer ao dirigir ainda mais emocionante.

[nggallery id=141]

Confira alguns itens de série dessa versão apimentada do Classe S item por item:

Conforto:
Ar condicionado com controle individual Thermotronic .
Linguatronic (Inglês).
Suspensão Ativa AMG (ABC).
Sistema de visão noturna – Night View.
Sistema de entretenimento traseiro
Refrigerador no encosto do banco traseiro

Tecnologia
Sistema Split view.
Faróis Bi-Xenônio e Intelligent Light System (ILS).
Parktronic system and Parking Guidance.
Sistema de câmera traseira.
Bancos dianteiros dinâmicos

Segurança
– 2 Airbags frontais de 2 estágios, laterais Dian.e Tras. e Windowbags, Pre-Safe (Intelligent security system). Attention Assist system.
– Rodas de liga leve 19” .
*FICHA TÉCNICA:

Motor – V8 Bi-turbo
Potência (cv / rpm) – 571/ 5.500
Câmbio – AMG SPEEDSHIFT MCT (7 Vel.)
Aceleração 0 – 100 km/h (s) – 4,4*
Vel. max (km/h) – 250/300*
Comp./ Largura/ Altura(mm) – 5.122 / 2.120 / 1.488

* Dados de fábrica

Texto e imagens: Marcus Lauria – Carpoint News

%d blogueiros gostam disto: