Nissan March SR 1.6 (avaliação) – CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

Fique por dentro dos lançamentos e notícias da indústria automotiva, competições, clássico s e mais sobre o mundo do carro.

Nissan March SR 1.6 (avaliação)

O Nissan March chegou para disputar o mercado de compactos. Lançou uma boa campanha, veio com preço competitivo e se consolidou no mercado nacional. As vendas são maiores no modelo 1.0 litro, mas o pequeno japonês ainda tem duas versões 1.6 (SV e SR). Testamos a versão topo de linha SR, que parte de R$ 37.190.

Nossa versão estava equipada com todos os opcionais: aerofólio, saia frontal, lateral e traseira, rodas de 15 polegadas, freios ABS com assistente, rádio com bluetooth, conexão iPod, controle de áudio no volante, faróis de neblina, bancos em dois tons e maçanetas na cor do veículo. Os últimos sete itens listados compõem o pacote premium e elevam o preço do March SR para R$ 38.690.

Chegando o momento de dirigir, o compacto é um “foguetinho”. Isso porque ele mede 3,78 m de comprimento, pesa 982 kg e possui um motor 1.6 litro 16v de 111 cv e 15,1 kgfm de torque. A relação das medidas com o propulsor resulta em um carro de rápida aceleração e retomada. Na estrada o motor se desenvolve bem ligeiro e foi possível chegar aos 180 km/h sem dificuldade.

Além da potência do motor, o câmbio complementa o trabalho com trocas fáceis e suaves, sem muito esforço. O prazer de dirigir no March não é só em altas velocidades. O compacto fica bem no trânsito, porque o seu tamanho lhe proporciona maior mobilidade. É impressionante como ele cabe em muitos lugares que os carros maiores não entram e como é fácil estacionar ele em praticamente qualquer lugar, graças ao auxílio da excelente direção elétrica. Pequeno e com um bom jogo, não tem aborrecimento em manobras e conversões.

O March SR ainda é bem econômico, variando entre 10 e 11,5 km/l abastecido com gasolina. O sistema de freios ABS é eficiente e age rápido, compensado também pelas medidas do compacto. A suspensão não é exemplar, mas absorve regularmente os desníveis do caminho e atua bem em curvas e ladeiras. O pequeno March se torna um verdadeiro Kart em certas situações, mostrando ser ágil e esperto em situações mais adversas do dia a dia no trânsito.

Aí podemos pensar: “ele é pequeno por fora, então o espaço interno fica prejudicado”. Pior que não. Comparado com outros da sua categoria, cinco pessoas adultas viajam regularmente bem no March. O porta-malas de 265 litros carrega um volume médio de bagagem, mas não deve nada a concorrência.

O ponto que não seguiu as boas avaliações dos outros itens é o acabamento interno, pobre até mesmo na versão topo de linha. Materiais simples, arquitetura que lembram modelos nossos de tempos atrás. É tudo muito simples, sem nenhum capricho com plásticos duros e ásperos em algumas partes. Os modelos de entrada dos concorrentes trazem decoração um pouco mais elaborada.

No conjunto, o March SR é ágil, prático, eficiente e econômico. Ele atende boa parte das necessidades de uma família pequena e para quem quer um segundo carro sem gastar muito. O desempenho na cidade e na estrada impressionam. Para aqueles que não precisam de tanto espaço e não se importam com acabamento interno de qualidade, o compacto com certeza vai atender todas as suas outras necessidades.

[nggallery id=176]

*FICHA TÉCNICA:

Motor: Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16V, flex
Cilindrada (Cm³): 1598
Potência (Cv): 111 a 5.600 rpm
Torque (Kgfm): 15,1 a 4.000 rpm
Câmbio: Manual de cinco marchas, tração dianteira
Comprimento (m): 3,78
Largura (m): 1,67
Altura (m): 1,53
Entre-Eixo (m): 2,45
Peso (Kg): 964
Porta-Mala (l): 265
Suspensão: Independente, do tipo McPherson no eixo dianteiro e semi-independente, com eixo de torção no traseiro
Freios: A disco ventilado nas rodas dianteiras e a tambor nas traseiras
Tanque (l): 41
Preço (R$): R$ 39.900

*Dados do fabricante

Texto: Leandro Eiró e Marcus Lauria | Imagens: Marcus Lauria – CarpointNews

Compartilhe: