Fiat Grand Siena 1.4 Attractive 2012 – CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

Fique por dentro dos lançamentos e notícias da indústria automotiva, competições, clássico s e mais sobre o mundo do carro.

Com a última mudança na família Palio, a Fiat destacou o Siena do restante com um design único, que até recebeu um “Grand” no nome porque o seu espaço interno aumentou comparado a versão anterior. Testamos a versão Attractive 1.4, modelo de entrada, que tem o preço inicial a partir de R$ 36.000 (sem ar-condicionado). 

A versão mais em conta do sedã vem equipada com airbag duplo, freios ABS com EBD, direção hidráulica, faróis de neblina e vidros dianteiros elétricos. Nossa versão tinha alguns opcionais como rodas de liga leve de 15 polegadas, banco do motorista e volante com regulagem de altura, volante com comandos do rádio, sensor de estacionamento e CD player MP3 com bluetooth. O porta-malas possui 520 litros de capacidade um dos maiores da categoria.

Os ocupantes terão com o Grand Siena 1.4 um carro bem confortável. Com bom espaço interno suas medidas não metem, são 4,29 metros de comprimento, 1,70 m de largura, 1,51 m de altura e 2,51 m de entre-eixos, suficientes para carregar até cinco ocupantes sem perto, além de possuir um habitáculo silencioso, o prazer de dirigir no modelo é garantido. O motorista ainda pode regular seu banco e volante em altura para uma melhor posição de dirigir. O ajuste elétrico dos espelhos externos está bem acessível e o rádio, além de estar bem posicionado proporcionando boa ergonomia, tem suas funções mais utilizadas reproduzidas em botões no volante.

Sob o capô, está o já conhecido motor 1.4 flex Fire Evo, que possui 85/88cv e 12,4/12,5 kgfm de torque (gasolina/etanol respectivamente). A transmissão é manual de cinco velocidades. Na hora de conduzir, o conforto prossegue com a direção leve e um câmbio macio, que realiza trocas bem suaves. Mesmo com uma pisada mais forte no acelerador, o silêncio permanece na cabine devido ao bom trabalho de acústica, aparecendo um pequeno ruído só bem depois dos 100 km/h.

Os freios ABS respondem bem quando foi necessário uma frenagem mais intensa: testando na descida de uma ladeira, a uma velocidade de cerca de 45 km/h, o sedã parou rápido com um acionamento brusco do freio, sendo possível perceber o sistema funcionando além de não mudar a trajetória. A suspensão do modelo reage regularmente aos desníveis do nosso asfalto, absorvendo boa parte dos trancos, mas algumas batidas secas são percebidas principalmente em buracos maiores ou irregularidades no asfalto.

Onde o motorista vai notar uma deficiência é na potência do motor. Para aqueles que consideram essa questão essencial, podendo, optem pelas versões 1.6 litro, que trazem as mesmas excelências de conforto, mas com um motor mais adequado ao Grand Siena. Os 85 cv do bloco 1.4 ficou fraco para o sedã, sendo claramente possível perceber ao volante: arrancadas lentas, reduções de marcha na maioria das ladeiras e com pouca margem para realizar uma ultrapassagem em estrada, mesmo com o porta-malas vazio. Durante o teste, o consumo de combustível chegou a 11,5 km/l, com gasolina, marcado no computador de bordo do modelo.

O Grand Siena atende muito bem as necessidades de uma família, transporta cinco ocupantes com bom conforto, tem espaço na mala para levar o necessário para uma viagem e porta-objetos espalhados no interior que facilitam eventuais necessidades. O bluetooth do rádio permite falar ao telefone sem tirar a atenção da direção, configurando um veículo confortável e prático. O único “problema” está no desempenho do motor, cujas versões 1.6 do modelo resolvem essa questão (com essa motorização, o preço parte de R$ 40.420). Para aqueles que pensam apenas em se deslocar de um ponto ao outro com conforto, não se importando muito com o tempo que vai levar, a versão Attractive 1.4 do Grand Siena cai muito bem.

[nggallery id=180]

*FICHA TÉCNICA

 

Motor

Posição         Transversal, dianteiro

Número de Cilindros          4 em linha

Diâmetro X Curso   72,0 mm x 84,0 mm

Cilindrada total        1.368,3 cm³

Taxa de compressão          12,35:1

Potência máxima    85 cv / 5.750 rpm (gasolina)88 cv/ 5.750 rpm (etanol)

Torque máximo        12,4 Kgfm / 3.500 rpm (gasolina)12,5 Kgfm / 3.500 rpm (etanol)

Nº de válvulas por cilindro            2

Eixo de comando de válvulas      Um no cabeçote

 

Câmbio

Número de marchas           5 à frente e uma à ré

Relação do diferencial       4,500

Tração           Dianteira

 

Rodas

Aro      5,5X14”

Pneus            185/65 R14

 

Freios

Dianteiro       A disco ventilado (Ø de 257 mm) com pinça flutuante

Traseiro         A tambor (Ø de 203 mm) com sapata autocentrante e regulagem   automática de jogo

 

Suspensão dianteira

Tipo    MacPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores   transversais e barra estabilizadora

Amortecedores        Hidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeito

Elemento elástico   Mola Helicoidal

 

Suspensão traseira

Tipo    Eixo de torção com rodas semi-independentes

Amortecedores        Hidráulicos, pressurizados a gás, telescópicos de duplo efeito

Elemento elástico   Mola Helicoidal

 

Peso do veículo

Em ordem de marcha         1094 Kg

Capacidade de carga         400 Kg

Carga máxima rebocável (sem freio)      400 Kg

 

Dimensões externas

Comprimento           4.290 mm

Largura          1.700 mm

Altura             1.507 mm

Entre-eixos   2.511 mm

Bitola dianteira        1.442 mm

Bitola traseira           1.464 mm

Altura mínima do solo        160 mm

Volume do porta-malas      520 litros

Tanque de combustível     48 litros

 

Desempenho

Velocidade máxima            173 km/h (gasolina)175 km/h (etanol)

0 a 100 km/h            13s1 (gasolina)12s5 s (etanol)

 

Consumo

Ciclo urbano            11,5 km/l (gasolina) 9,5 km/l (etanol)

Ciclo rodoviário       17,4 km/l (gasolina) 13,2 km/l (etanol)

 

*Dados de fábrica

Por Leandro Eiró e Marcus Lauria (texto)

Fotos: Marcus Lauria – CarpointNews

Compartilhe: