Mecânica On line: Materiais sustentáveis nos automóveis

mecanica_online

PET reciclado, bagaço da cana-de-açúcar, fibra de coco e processos mais eficientes revelam novas perspectivas – Quem poderia imaginar alguns anos atrás a evolução da tecnologia automotiva em conquistar processos mais eficientes no desenvolvimento do automóvel, desde a origem dos materiais até mesmo a preocupação em toda cadeia produtiva para um universo automotivo mais sustentável?

Atualmente já é possível encontrar tecidos à base de PET reciclado no revestimento de bancos e interior de portas da nova picape Saveiro 2014, que é o primeiro veículo comercial leve do País a utilizar esse recurso. Exclusividade da Volkswagen do Brasil, os tecidos com base reciclável foram desenvolvidos pela empresa e estrearam no País no Novo Gol e Novo Voyage, lançados em julho do ano passado.

Altamente tecnológico, o tecido à base de PET reciclado garante o mesmo conforto, qualidade e resistência que os tecidos sem essa composição utilizados em outros modelos da Volkswagen do Brasil. O tecido é composto por até 60% de fio reciclado, sendo que sua matéria-prima bruta é fornecida por empresas certificadas por órgãos ambientais internacionais.

Já na Ford a aplicação de processos mais eficientes na produção de peças da cabine do veículo é suficiente para gerar uma economia de 2.700 litros de diesel e reduzir em mais de 27.000 kg as emissões de dióxido de carbono.

Tradicionalmente, as peças em plástico moldado usadas no interior dos veículos têm acabamento com tinta de alto brilho para entregar a elegância, resistência e durabilidade que os clientes exigem. Com o uso de um material avançado desenvolvido pela Basf, a Ford foi capaz de pular essa etapa, reduzindo custos e o impacto ambiental do processo de pintura no Novo Fusion.

A economia dessa mudança é calculada não só pela eliminação da necessidade de aplicação de tinta, mas também por dispensar o transporte de peças entre os fornecedores e a fábrica para a realização do processo, com uma frota de caminhões que emitem toneladas de dióxido de carbono. Com a criação da nova resina, que também é resistente à maresia, esse passo foi inteiramente eliminado.

O carro conceito Uno Ecology apresenta soluções que o tornam um carro mais ecológico, mais sustentável e com menos impacto ambiental. Entre as novas tecnologias usadas no Uno Ecology, está o motor 1.0 calibrado para consumir apenas etanol (E100). Visando obter o máximo de desempenho do ponto de vista de eficiência energética do etanol, a FPT – Powertrain Technologies desenvolveu um motor protótipo para utilização com 100% de etanol. Além de ser um combustível renovável, é uma alternativa técnica e economicamente viável, que traz a vantagem de proporcionar menos emissões de CO2 ao ser comparado com um motor que utiliza gasolina.

Peças plásticas produzidas com o bagaço da cana-de-açúcar, utilizada na produção do etanol e do açúcar, permitem a redução de peso em torno de 8% em relação a uma peça convencional. Bancos em fibra de coco e látex com origem renovável, permeável ao ar, antifungo, reciclável, biodegradável e de forte cunho social por utilizar o trabalho de cooperativas são outro destaque do veículo. A utilização deles evita o uso de aproximadamente 7 quilos de poliuretano — substância derivada do petróleo — no veículo.

Essas pesquisas podem representar uma substituição de quilos de matérias-primas que hoje têm como a origem o petróleo por fontes renováveis. Ótimas iniciativas!

MECÂNICA ONLINE

– Loja exclusiva AMG – Depois de São Paulo, Curitiba ganha a segunda concessionária no Brasil exclusiva da AMG, marca de performance da Mercedes-Benz. A nova loja, localizada no bairro do Batel, uma das regiões mais exclusivas da cidade, foi inaugurada essa semana e, além de comercializar toda a linha de modelos esportivos da AMG, oferecerá os produtos AMG Collection, que incluem peças de vestuário, miniaturas e acessórios de alta qualidade com a grife AMG.

– Mulheres no comando – As mulheres adquiriram independência com o passar do tempo. E isso se reflete, também, no mercado de carros. De acordo com uma pesquisa realizada pela rede especializada em serviços automotivos DPaschoal, 45% dos automóveis comercializados hoje no Brasil são adquiridos pelo sexo feminino.

– Confira as características que mais atraem as mulheres:
• Design: desenhos com formas arredondadas fazem muito sucesso. Os estilos aventureiros também costumam habitar a garagem delas: o estilo robusto faz com que elas se sintam mais imponentes no trânsito;

• Posição de dirigir: a posição de dirigir mais elevada é um dos principais fatores que levam as mulheres a escolherem as minivans e os monovolumes;

• Praticidade: elas adoram carregar vários tipos de objetos. Nesta hora a praticidade entra em ação. Os porta-trecos, mesinhas ao estilo avião para os bancos de trás e demais mimos conquistam os corações delas;

• Conforto: exigentes, as mulheres não abrem mão do conforto como um dos principais fatores na hora de levar um veículo para casa.

tarcisio_assinatura