Saiba as diferenças entre os combustíveis – CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

CarroHoje.com – Revista digital de automóveis.

Fique por dentro dos lançamentos e notícias da indústria automotiva, competições, clássico s e mais sobre o mundo do carro.

Saiba as diferenças entre os combustíveis

combustivelA maioria das pessoas pode até não se atentar, mas o Brasil oferece uma das maiores variedades de combustíveis nas bombas dos postos espalhados pelo País. Hoje, a frota nacional circula com motores flex, multicombustíveis, a gás e a diesel, o que leva os postos a comercializarem até nove tipos de combustíveis. Para saber qual é a melhor opção na hora de encher o tanque, apresentamos as principais diferenças entre eles.

Gás Natural Veicular (GNV)

É o combustível com o melhor custo comercializado hoje. Algumas montadoras oferecem modelos com motor a gás de fábrica, mas é comum que proprietários adaptem os motores para rodarem com GNV. Contudo, o veículo modificado deve passar por avaliação do Inmetro, pois o motor a gás trabalha com altas pressões, e todas as especificações devem ser rigorosamente seguidas para garantir a segurança de condutor e passageiros.

Gasolina Comum

De acordo a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustível), ela é oficialmente denominada gasolina Tipo C. Além de uma pequena quantidade de detergentes que proporcionam a limpeza do motor, a gasolina comum recebe uma porcentagem de álcool anidro que pode variar de 20% a 25%. Essa é uma determinação do Governo Federal, que estuda a possibilidade de elevar a quantidade de álcool na gasolina para 27,5% (veja mais aqui).

Gasolina Aditivada

A gasolina aditivada é composta pela gasolina tipo C e uma maior quantidade de aditivos, como os detergentes que impedem que resíduos naturais da gasolina se espalhem pelo bloco do motor, além de limpar outras impurezas. O termo “aditivada” não significa maior rendimento ou maior desempenho do motor, mas se refere aos aditivos de limpeza.

Gasolina Premium

A gasolina Premium queima de forma mais eficiente do que a Tipo C em virtude de sua maior octanagem. Maior octanagem também não é sinônimo de motor mais potente consumo reduzido. Mas, por ter baixos teores de enxofre (20 ppm, contra 50 ppm na gasolina comum), a gasolina Premium ajuda a conservar os componentes do motor. Sua composição apresenta os mesmos aditivos de limpeza da gasolina aditivada. É a gasolina com o preço mais elevado nas bombas.

Etanol Comum

Popularmente conhecido como álcool, é desenvolvido a partir da cana-de-açúcar e passa por um processo de hidratação para que lubrifique as peças do motor da mesma forma que a gasolina o faz naturalmente. É um combustível menos poluente e de preço inferior ao da gasolina, porém, com um rendimento menor se considerarmos os quilômetros rodados por litro de combustível.

Etanol Aditivado

Possui a mesma fórmula do etanol comum, mas tem uma adição de agentes detergentes que realizam a limpeza do motor, seguindo um processo semelhante de alteração ao que ocorre entre a gasolina comum e a gasolina aditivada.

Diesel S-10

É o mais novo combustível no mercado para veículos de grande porte. Sua composição conta com 5% de biodiesel obtido de origem vegetal e seu uso é obrigatório nas frotas de ônibus municipais, em razão virtude de seu baixo teor de enxofre (10 ppm).

Diesel Aditivado

Existe mais de um tipo de diesel aditivado e seu nome comercial vai variar de acordo com o seu aditivo e sua funcionalidade. Existem os aditivos de limpeza, os que melhoram a combustão e também os que diminuem os níveis de poluição, mas nenhum tem um rendimento mais positivo em relação à capacidade de rodar mais quilômetros por litro.

Os preços dos combustíveis variam muito de uma região para outra, o que sugere uma pesquisa antecipada em caso de viagem, por exemplo. Além disso, o consumidor está sujeito a encontrar combustíveis adulterados, que danificam o motor e trazem grandes prejuízos.  

Para diminuir a possibilidade de abastecer seu veículo com um combustível de má qualidade, aplicativos como oGazzo ajudam motoristas a pesquisar preços e avaliar os combustíveis oferecidos nos postos mais próximos.  Outra dica para economizar em combustível é aproveitar a parada no posto para verificar a calibragem: se o pneu não estiver corretamente calibrado, o veículo pode gastar até 25% mais combustível do que o normal.

Compartilhe: