Toyota Etios Cross 1.5 Flex

etios_cross-1

Desde que os carros “pseudos-aventureiros” surgiram com o lançamento do Palio Weekend Adventure em 1999, a moda “aventureira” vem conquistando cada vez mais um público fiel e mais montadoras aderem ao movimento. No início, muitas marcas resistiram, mas agora, tornou-se quase que obrigação de cada uma ter um modelo desse segmento. Onde o que importa é o visual descolado, e não a função verdadeira de um off-road, para enfrentar trilhas de verdade.

Para aderir a moda, algumas marcas exageram na receita e outras pegam mais leve nos acessórios instalados em seus modelos. Mas o que importa mesmo, é lucrar e deixar o modelo mais caro, e as vezes, até atraente aos olhos. E como a moda é o que importa, até a Toyota entrou na onda “aventureira” com o Etios Cross. O mais novo membro da família, foi lançado em novembro do ano passado e traz itens estéticos e equipamentos de série exclusivos para essa versão.

etios_cross-2

Usando como base a versão topo de linha XLS, o Etios Cross recebe todos os itens da linha 2014, como o interior Total Black, apliques externos na carroceria que indicam se tratar de um falso “aventureiro”, rodas e muitos outros. Durante o teste sempre perguntei para os amigos e parentes o que acharam do visual do carro, a maioria ficou indiferente e a minoria gostou dos apetrechos off-road.

Visto de frente, o pequeno “aventureiro” recebeu uma grade em filete único, entrada de ar mais larga em relação à versão convencional e para-choque mais largo e sobressaltado à carroceria, ambos na cor preto fosco unidos por peça em formato trapezoidal, com protetor de vincos proeminentes em prata. Ainda na dianteira, destacam-se os faróis com máscara negra que se estendem até a grade frontal e as luzes de neblina acopladas ao para-choque, com molduras também na cor prata.

etios_cross-3

Já na lateral, a moldura preta que se encontra no para-choque dianteiro surge em toda a lateral do veículo, e traz o nome da versão gravada em baixo relevo. O modelo oferece ainda luz de seta nos retrovisores externos, que são revestidos com uma capa na cor da carroceria.

Destaque para as rodas de liga leve com desenho exclusivo para essa versão em tom preto e prata e raios mais largos. No teto, o Etios Cross revela barras longitudinais, em tom prata, que podem ser utilizadas para o transporte de bagagens de até 50 kg. Na traseira somente foi aplicado o para-choque na cor preto fosco com um acabamento prata na base inferior.

Por dentro nada muito radical, a Toyota preferiu ser mais discreta, ao contrário do exterior do carro. Estão lá o mesmo painel Total Black, velocímetro e tacômetro com grafia Black & Blue da versão topo de linha XLS. Além de maçanetas em prata fosco. Seu entre-eixos de 2,46 metros revela um espaço acima do normal, onde motorista e passageiros viajam com conforto. Seu porta-malas tem capacidade de 270 litros, estando na média entre os concorrentes.

Para conveniência dos ocupantes, estão disponíveis travamento das portas e acionamento elétrico dos vidros. Além de sistema de áudio Double DIN que integra rádio AM/FM, CD player e entrada USB, e novos botões prateados do comando do ar-condicionado. E também detalhes prateados nos difusores do ar-condicionado e também na manopla do câmbio.

etios_cross-4

Um toque de “esportividade” pode ser percebido no interior do Etios Cross, com a utilização de um volante esportivo de base reta, com acabamento em couro, onde estão instalados o controle do sistema de áudio integrado. O acionamento elétrico para os retrovisores externos é item de série nessa versão.

Seguro, o Etios foi o primeiro carro compacto do Brasil a conquistar quatro estrelas (de cinco possíveis) em proteção aos passageiros dos bancos dianteiros, e duas estrelas na proteção aos ocupantes do traseiro, no teste de colisão do Latin NCAP.

Equipado com o motor mais potente da linha, ou seja, um 1.5 litro 16V Flex, que rende até 96,5 cv com etanol (92 cv com gasolina) e que trabalha em conjunto com um câmbio manual de cinco velocidades. O Etios Cross se mostrou muito eficiente no trânsito e na estrada. Sua força é logo alcançada em baixa rotação e a diversão ao volante vem em doses múltiplas. Tanto nas retas quanto nas curvas o hatchback se mostrou eficaz. Acelera bem, faz curva como poucos no mercado e transmite segurança a todo instante. Com certeza ele não tem capacidade para enfrentar terrenos com terra e lama, mas no asfalto liso ele faz bonito.

etios_cross-5

A direção eletroassistida progressiva, com raio de giro de 4,8 m é fácil e até prazerosa na hora de manobrar o carrinho. Mesmo em velocidades mais altas, o modelo se mantém alinhado. A calibragem da direção é equilibrada e não deixa a desejar. Segundo a marca, seu consumo é de 12,4 km/l na cidade, com uso de gasolina, e 8,5 km/l, a etanol. Enquanto na estrada, os dados de consumo são 13,4 km/l e 8,9 km/l, com gasolina e álcool, respectivamente.

Entre os principais equipamentos de série, estão: air bag duplo e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem. Além de cinto de segurança com pré-tensionador e limitador de força. Entre outros itens estão disponíveis: Ar-condicionado; Porta-luvas climatizado; Acabamento Total Black no painel e detalhe nas quatro portas; Painel de instrumentos Black & Blue; Travas, vidros e espelhos retrovisores elétricos com pisca integrado; Acabamento dos bancos Sport Comfort;
• Rádio com função MP3 e entrada USB; Faróis de neblina dianteiros; Volante esportivo em couro com controle de áudio; Alarme antifurto; Chave com comando de abertura das portas e porta-malas; Design exclusivo nas rodas de liga leve; Manopla de câmbio com acabamento em couro; Bancos revestidos em tecido com costura exclusiva; Para-choques dianteiro e traseiro com design off-road; Barras de teto longitudinais; Aerofólio traseiro Cross e Jogo de tapetes exclusivos. O Etios Cross é comercializado em branco, preto, cinza, azul, prata, vermelho e amarelo e parte de R$ 48.240.

*FICHA TÉCNICA:

Motor/Performance
Motorização: 1.5
Alimentação Injeção multi ponto
Combustível Álcool Gasolina
Potência (cv) 96.0 92.0
Cilindradas (cm3) 1.496 N/D
Torque (Kgf.m) 13,9 13,9
Velocidade Máxima (Km/h) 187 N/D
Tempo 0-100 (Km/h) 11.1 N/D
Consumo cidade (Km/L) 8.5 N/D
Consumo estrada (Km/L) 8.9 N/D

Dimensões
Altura (mm) 1548
Largura (mm) 1734
Comprimento (mm) 3893
Entre-eixos (mm) 2460
Peso (kg) 965
Tanque (L) 45.0
Porta-malas (L) 263
Ocupantes 5

Mecânica
Câmbio Manual de 5 marchas
Tração Dianteira
Direção Elétrica
Suspensão dianteira Suspensão tipo McPherson e dianteira com barra estabilizadora, roda tipo independente e molas helicoidal.
Suspensão traseira Suspensão tipo eixo de torção e traseira com barra estabilizadora, roda tipo semi-independente e molas helicoidal.
Freios Dois freios à disco com dois discos ventilados.

*Dados do fabricante

%d blogueiros gostam disto: