Renault Sandero RS 2020

CarroHoje.com

Em 2015, o Sandero ganhou um sobrenome de peso no mercado brasileiro, com a chegada da versão R.S. 2.0, o primeiro Renault Sport fabricado e comercializado no Brasil. A versão esportiva teve importantes mudanças mecânicas (motor, câmbio, suspensão, freios, assistente de partida em rampas e controle eletrônico de estabilidade, entre outras) e estéticas. Desenhado e desenvolvido na França pela Renault Sport, em conjunto com as equipes de design e engenharia da América Latina, o Sandero R.S. 2.0 é um legítimo esportivo. Essa versão se destaca por sua capacidade de proporcionar sensações esportivas desde o primeiro toque no acelerador, além de muito prazer na utilização diária.

Com motor 2.0 aspirado, que entrega 150 cv e 20,9 kgfm com etanol, associado a um câmbio manual de 6 velocidades com relações curtas para maior esportividade, o “hot hatch” atinge a velocidade máxima de 202 km/h e vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,0 segundos.

Na linha 2020, o Sandero R.S. 2.0 traz novas rodas diamantadas de 17 polegadas na cor preta diamantadas e herdou características da série limitada Racing Spirit, como as pinças de freio na cor vermelha, que, juntamente com a nova assinatura luminosa traseira em LED, a dianteira com a lâmina F1, o aerofólio preto, o duplo escapamento e os novos adesivos nas laterais com a assinatura Renault Sport, que reforçam a esportividade do modelo.

O interior também traz características herdadas da série limitada Racing Spirit, como o teto na cor preta e os bancos com faixas duplas na cor vermelha. No apoia braço, as portas ganharam revestimento de tecido que parece fibra de carbono, ressaltando a esportividade do Sandero R.S. 2.0. 
 A suspensão esportiva e exclusiva, associada tanto à direção eletro-hidráulica tunada pela Renault Sport Cars como ao sistema de freios a disco nas quatro rodas, proporciona excelente desempenho, garantindo estabilidade e segurança. E com o sistema R.S. Drive é possível escolher ainda entre três modos de condução: Standard, Sport e Sport+:

  • Modo Standard: Este é o modo mais seguro para uso diário. O ESP e o ASR ficam ligados. O Modo Standard não exige nenhuma intervenção do motorista (ativado por padrão).
  • Modo Sport: pedal com respostas mais rápidas, ronco do motor mais esportivo, desaceleração mais lenta, marcha lenta aumentada para 950 rpm, permitindo uma condução reativa. O modo Sport é acionado por meio de uma leve pressão no botão R.S., localizado no console central.
  • Modo Sport+: todos os recursos do modo Sport, além do desligamento do ESP/ASR, permitindo desfrutar ao máximo da condução esportiva, aproveitando plenamente todo o potencial do carro. O modo Sport+ é acionado através de uma longa pressão no botão R.S.

Completo de fábrica, o único opcional do novo Sandero R.S. da linha 2020 é a pintura metálica – a pintura branca é de série.  As opções de cores são o novo vermelho Fogo, prata Étoile e preto Nacré. Confira os principais itens de série:

R.S. 2.0 (R$ 69.690): assistente de partida em rampas (HSA); controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle de tração (ASR), Media Evolution, ar-condicionado automático, câmera de ré, retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos, piloto automático (controlador e limitador de velocidade) e rodas de liga leve de 17 polegadas na cor preta diamantadas.

Compartilhe:

Next Post

Toyota Prius

A Toyota do Brasil anuncia a abertura de pedidos para a linha 2019 de seu híbrido Prius, pioneiro global e dono de uma trajetória de grande sucesso na disseminação da tecnologia híbrida em todo o mundo. O Prius 2019 conta […]