Categoria: Clássicos

Perfil: Audi 80 GL 1975, o primo requintado do nosso Passat

As linhas são inconfundíveis até hoje – A linha 80 da Audi compartilhava as características com o Passat da Volks, tanto na Alemanha como aqui no Brasil. o 80 se diferenciava na traseira com o porta-malas mais saliente, o que o definia como um 3 volumes. O modelo tinha tração traseira, motor de 1781 cc,

VW Hebmuller Coupe, (mais) um Fusca cheio de charme.

Imagem (autor desconhecido) da linha de produção da fábrica de um dos modelos mais bonitos e raros feitos com base no Fusca: Vw Hebmuller Coupe (para os íntimos Heb Coupe). Sua produção começou em 1949, e apesar do cupê no nome ele era um conversível. Mais tarde a versão realmente cupê ficaria conhecida como Stoll

Alfa Romeo Altodelta 156 GTA AM: das pistas para as ruas

Inspirado pelo enorme sucesso da Alfa Romeo FIA Touring Car Championship (Europeu e Mundial), a Autodelta 156 GTA AM (Autodelta Maggiorata) foi concebido para capturar os corações e a imaginação de entusiastas da marca ao redor do mundo. Assim como o 147 GTA AM, o 156 GTA AM também faz uso do aclamado Autodelta motor

D4, a Peugeot teve a sua Kombi

Com o final da Segunda Guerra a Europa estava arrasada, mas não havia outra maneira de mudar isso se não, pensando no crescimento. O Peugeot D4 foi um exemplo disso. A VAN tinha opções para passageiros e cargas. Com 800 quilos e um motor de até 40 cv ela podia superar grandes obstáculos e ir

Propaganda: Saab 96

O Saab 96 é um modelo chave na história da marca sueca. Feito entre 1960 e 1980 o 96 foi uma aula de design, passou por alterações estéticas mínimas nos seus 20 anos de vida. Cerca de 550 mil 96 foram produzidos em sua história. Em agosto de 2011 um Saab 96 com motor 750cc

Holden Monaro, o primo australiano do nosso Opala

Primo não muito distante, diga-se. O Monaro tinha praticamente a mesma carroceria dos Opala Brasileiro, em sua geração do final dos anos 60 e início dos anos 70. O modelo da Foto é um GTS 1969 que podia ter até 250 cv de potência com seu motor V8 de 5,3 litros. Belas linhas não?

Fiat Ritmo (versão 1978-1985)

Apresentado no Salão de Turin em 1978, o Fiat Ritmo quase se aventurou por nossas ruas em 1982. O modelo que foi uma espécie de “pai do Uno” tinha linhas modernas e uma gama de motores extensa na Europa.

Mercedes 190E, 30 anos

Foi em novembro de 1982 que surgia o 190E, um dos mais famosos modelos da Mercedes-Benz de todos os tempos. Com seu desenho que marcava uma grande evolução em relação aos modelos anteriores, o 190E tinha linhas retas e a dianteira marcante que estaria presente nos demais modelos da montadora alemã nos próximos anos. Com

Freightliner e seus 70 anos

A tradicional fabricante de caminhões e picapes Freigthliner comemora seus 70 anos de história. Vale a pena dar uma olhada no site deles, mostrando as inovações e os ícones da marca, para isso basta clicar neste link. O modelo da foto, por exemplo é um raríssimo 4 portas (com elas bem separadas) feito para Dana

Citroën Mehari

Sua produção começou em 1968 e durou até 1988. O Mehari é um off-road (?) com tração dianteira motor de 602cc (2 cilindros) e 26 cv de potência para serem domados. Na Argentina foi feito com carroceria de fibra de vidro. Ao todo 144,953 Mehari foram produzidos pela Citroën.

Citroën GS (1970-1975)

O GS foi um dos carros com maior quantidade de itens tecnológicos na época de seu lançamento, no seu segmento e até em segmentos superiores. No início da década de 70 o segmento de modelos médio contava com muitas opções com tração traseira, sem muito conforto e muito menos tecnologia.

Buick Grand National

A série especial do Regal foi lançada em 1981 e fazia referencia ao sucesso que obtivera nas pistas da Nascar. A primeira série foi limitada em apenas 100 unidades, todas na cor preta. Logo no lançamento o Grand National ganhou pintura estilizada nas laterais além de spoiler e um pequeno aerofólio na traseira.